Boa noite, Pastor Alessandro. O amor de Cristo no coração da Igreja. Chamo-me Humberto, frequento esta casa como visitante há mais ou menos um ano, e gostaria de dizer que me sinto muito bem quando venho; minha segunda-feira começa diferente, quando venho domingo à igreja.

Sou professor, profissão que exerço há poucos anos, mas o suficiente para saber que é muito difícil. De dois anos pra cá, venho orando a Deus e pedindo pra me tirar dessa profissão, e me arrumar outra coisa, mas nada acontece. Sou professor da Rede Pública do Estado do Rio de Janeiro há cinco anos, e vinha tentando minha segunda matrícula, mas sempre fiquei reprovado por poucas questões; venho tentando minha matrícula desde 2011, e não consigo. No inicio de 2015 fiz inscrição novamente para tentar minha segunda matrícula, em outro concurso. A prova foi em março; antes da prova fiz uma oração a Deus – na igreja – em um dos cultos de domingo, e pedi a Deus uma resposta, que se fosse da vontade dEle que eu continuasse nessa profissão, que Ele pudesse me ajudar a passar no concurso. Se eu não fosse aprovado, eu iria abandonar a carreira, e iria procurar outra coisa.

Bem, a prova foi em março e em junho saiu à classificação; quando entrei na internet para ver o resultado, vi meu nome em 1º lugar. Isso mesmo, em 1º lugar. Fiquei meio perdido de alegria por algumas horas, mas logo percebi a resposta de Deus, e falei em alta voz com Ele “Senhor, entendi o que o Senhor quer de mim. Não precisava ser tão direto!”. Mas a benção continua, pois após um mês da classificação, ou seja, em julho, recebi minha convocação, e estou em processo de ser nomeado, e ainda esse ano provavelmente vou assumir minha segunda matrícula.

Quero que todos saibam que Deus SEMPRE responde!

 

Obrigado, H.!